O que a raiva nos ensina?

A raiva é uma emoção que é sentida intensamente em nosso interior. Pode gerar em nós, entre outras sensações somáticas, um bloqueio no estômago ou um nó na garganta, e é provável que não saibamos como lidar adequadamente com isso é importante lembrar que muitas vezes temos doenças físicas que são causada por raiva guardada e por vezes, não nos damos conta do sentimento que carregamos.

Na realidade, quando nós sentimos raiva algo está acontecendo em nosso sistema nervoso, em nosso sangue e, consequentemente, em todo nosso corpo. Com esta emoção, são movidos nossos hormônios e neurotransmissores, nos mobilizando para a ação. No entanto, temos que aprender com ela para não fazemos mal a nós mesmos.

A raiva, uma emoção a mais

A raiva nos faz liberar energia, exteriorizá-la porque, em nosso interior, ela se transforma em uma espécie de onda de pressão. Quando não abrimos um canal para que ela evapore, podemos estar causando muito mal a nós mesmos, contaminando o resto das emoções, pensamentos e comportamentos que geramos a partir desse momento.

Se não resolvemos essa emoção dolorosa, nos sentiremos bloqueados, sofreremos e acabaremos sentindo, também, frustração, impotência e indefesa. Como qualquer emoção, somos os responsáveis por ela e ninguém é culpado por estarmos assim, apesar de associarmos a raiva ou a projetarmos em alguém.

Contra os demais

A raiva é uma emoção que foge do nosso controle, que quer sair e, por isso, às vezes sentimos que não podemos controlá-la. Frequentemente ela nasce motivada por alguém que faz ou diz algo que nos incomoda.

Em muitas ocasiões vamos exteriorizá-la contra a pessoa que provocou essa emoção, nos comportando de forma impulsiva e sem controle sobre nossas palavras e nossos atos. No entanto, isso não soluciona o que realmente originou a raiva, causando conflitos e danos dos quais provavelmente vamos nos arrepender depois.

Contra si mesmo

Em outras ocasiões, a raiva é contra nós mesmos. Isso ocorre quando é desencadeada por uma situação e não tanto por outras pessoas. É um ataque direto a nossa pessoa, nos culpando pela situação incômoda ou desagradável.

Em qualquer caso, a raiva dirigida a nós mesmos também não nos liberta dela, e fará com que nos sintamos ainda pior. Longe de dissipar a raiva, esta crescerá em nosso interior, fazendo com que nos sintamos sobrecarregados por tanta emoção sem solução e autodestrutiva.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s