Muito do que você atrai é consequência do que você transmite

A chegada de notícias ruins ou de pessoas potencialmente tóxicas não pode ser evitada. Contudo, se você aceita que isso não pode ser modificado, poderá perceber que a maioria das circunstâncias que você precisa enfrentar no dia a dia depende da atitude que você transmite ao vivê-las. Portanto, lembre-se de que muito do que você atrai é consequência do que você transmite.

Isto é, a predisposição que você tem para enfrentar o seu entorno no momento em que acorda é quase que a parte mais importante para condicionar o que lhe acontece ao longo do dia. Não só isso, no caso de você acordar com uma atitude positiva, você verá como as boas notícias chegam, e as horas que passam são muito menos duras.

Aquilo que você recebe está no que sua mente transmite

Absolutamente tudo o que você sente e pensa ultrapassa a sua pele e, de uma forma ou de outra, se expande para fora: o que existe na sua mente automaticamente sai para o exterior, voluntária ou involuntariamente. Esta é uma lei que pode jogar a favor ou contra, dependendo de quais sejam as emoções, sentimentos e pensamentos que tivermos.

Neste sentido, quando você está desmotivado o seu corpo percebe e reage: isso aparece no comportamento, no mal-estar físico, na energia, etc. Se, pelo contrário, na sua mente existem pensamentos positivos, o seu corpo também se expressará em seu bem-estar geral.

Passamos pelo filtro da nossa própria atitude mental tudo aquilo que chega até nós: a magnitude de um acontecimento está ligada ao poder que lhe outorgamos sobre nós mesmos mediante a interpretação que fazemos do mesmo.

Se você leva o sol dentro de si, saberá secar a chuva

Se você pratica o otimismo e consegue encarar o que lhe acontece de forma mais leve, é provável que atraia vibrações positivas. De certa forma, se pensar direito você perceberá que gasta muita energia se queixando de acontecimentos insignificantes. A mesma coisa acontece com essas pequenas coisas passageiras sobre as quais pensamos ter azar e reclamamos durante horas.

Se você leva o sol dentro de si, saberá secar a água da chuva. Se você se propõe a ter uma atitude positiva, saberá afastar aquilo que é tóxico. Se você transmite calor, simpatia, bondade, amabilidade, entre outras muitas coisas, colherá o mesmo ao seu redor, e no caso de não ser assim, verá o caminho a seguir para que isso não o afete.

Dado que não podemos controlar tudo que nos acontece, a chave é agir com inteligência na hora de interpretar o ocorrido e não dar muita importância ao que não tem. Brilhar para que brilhem com você, saber que o sorriso protege da tristeza, procurar a forma de se livrar das pedras e não de construir uma muralha com elas.

Permita-se o que você merece

Como é possível conseguir isso? Pois bem, se permitindo o que você merece. Não seja dessas pessoas que estão designadas ao exercício do masoquismo de rejeitar o que a sorte lhes concede. Fazem isto pensando que talvez dessa forma a desgraça também não as toque. Esta é uma lei ilusória que está associada a um conceito de justiça igualmente ilusório. O fato é que por mais que você dê as costas à sorte, a infelicidade irá olhar você do mesmo jeito.

Reflita para procurar e reconhecer o que você precisa na sua vida. Decifrar isto irá ajudá-lo a aprender que o primeiro passo é uma boa atitude: não se negue o que você merece, não se limite, não se assuste. Esta é a melhor forma de cuidar de si mesmo e de canalizar a seu favor o que você recebe.

Fonte: A mente é maravilhosa

*ThetaHealing Institute of Knowledge® e Think®: trademarks of Nature Path Inc

**ThetaHealing® and ThetaHealer® are registered trademarks of THInK at http://www.thetahealing.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s