3 crenças patriarcais que impedem as mulheres de se curarem

Poderíamos definir o patriarcado como uma ideologia que se manifesta em práticas sociais que supõem uma desigualdade em preconceito para com as mulheres. Mas, será que esta ordem social e as crenças patriarcais que a sustentam influenciam a cura do gênero feminino? As mulheres sofrem no seu próprio corpo o efeito de uma sociedade ainda patriarcal?

A doutora Christiane Northrup, em seu livro ‘Corpo de Mulher, Sabedoria de mulher’, explica que a cura não é possível nas mulheres enquanto não fizermos uma análise crítica e mudarmos algumas crenças e suposições patriarcais que inconscientemente herdamos e interiorizamos.

Para começar, a civilização ocidental está inspirada na visão judaico-cristã que considera, entre outros absurdos, o corpo feminino e a sua sexualidade – representados pela figura de Eva – como os responsáveis da queda da humanidade. Nada mais, nada menos.

Com relação à doença, Northrup garante que as mulheres adoecem e maltratam a si mesmas. Além disso, explica que quando ficamos doentes, somos atendidas por um sistema médico patriarcal que muitas vezes denigre o corpo feminino. Christiane destaca três crenças patriarcais fundamentais que impedem a nossa própria cura:

Primeira crença: a doença é o inimigo

Este pensamento nos condicionaria a considerar o corpo como um adversário, especialmente quando nos dá mensagens que não queremos ouvir. É um elemento que pode causar dor, ignorando que pode ser uma fonte imensa de prazer.

Segundo a autora, é inerente a nossa cultura tentar matar o corpo como mensageiro juntamente com a mensagem que traz.

Contudo, o corpo pode se transformar no melhor sistema de saúde que possuímos, sempre e quando saibamos ouvi-lo. Sem entrar no plano sexual, o seu movimento gera endorfinas que nos fazem sentir melhor, com mais vitalidade, com mais energia.

Contudo, o corpo pode se transformar no melhor sistema de saúde que possuímos, sempre e quando saibamos ouvi-lo. Sem entrar no plano sexual, o seu movimento gera endorfinas que nos fazem sentir melhor, com mais vitalidade, com mais energia.

A desconexão emocional como consequência das crenças patriarcais

A cultura patriarcal nos fez adquirir, inconscientemente, hábitos que implicam graves efeitos sobre nossos próprios corpos e espíritos, já que nos impedem de nos conectarmos com nossas emoções para compreender o que realmente está acontecendo. Uma sociedade patriarcal também leva à desvalorização dos sentimentos das mulheres, negando-os ou subestimando-os, o que repercute na sua aceitação.

Muitas mulheres podem sentir vergonha na hora de expressar suas emoções porque correm o risco de não serem levadas a sério ou parecerem frágeis. Esta desconexão, por sua vez, nos manteria em um estado de sofrimento que aumentaria à medida que aumenta o tempo que permanecemos nele.

Como combater as crenças patriarcais?

Um primeiro passo para uma mudança positiva na vida e, mais concretamente, na saúde, é dar um nome à experiência atual e permitir-se senti-la na sua totalidade emocional, espiritual e física.

Quando reconhecemos e colocamos para fora o nosso próprio sentimento emocional, nos conectamos imediatamente com nossos sentimentos. Através deles podemos investigar as necessidades especificas que temos.
Além disso, ao soltar o sofrimento e as preocupações que o acompanham, recuperamos a energia necessária para que o nosso corpo se cure. Também é importante substituir essas crenças patriarcais por outras mais úteis, como a de que o corpo feminino possui uma enorme capacidade para a resistência e a saúde. Em outras palavras, para curar a si mesmo.
Sabia que liberar crenças é possível? Agende já sua sessão de ThetaHealing.

Fonte: A mente é maravilhosa

*ThetaHealing Institute of Knowledge® e Think®: trademarks of Nature Path Inc

**ThetaHealing® and ThetaHealer® are registered trademarks of THInK at http://www.thetahealing.co

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s