Como as emoções negativas sabotam você!

  • Emoções negativas influenciam suas decisões e ações

Tendemos a meter os pés pelas mãos quando tomamos decisões em momentos de nervosismo ou com raiva, ódio, medo, frustração, culpa, rejeição etc. As pessoas mais sábias já sabem que o ideal é deixar para tomar uma decisão em momentos de calma e tranquilidade.

Porem, não é só aquela emoção que está aflorado no momento que nos influencia. Toda carga emocional desde a sua geração no útero da sua mãe está fortemente te influenciando. Elas formam uma “nuvem” negativa que influencia o seu comportamento o tempo inteiro. Exemplo: um sentimento de rejeição que você carrega desde a infância vai ser manifestados nos relacionamentos atuais, mesmo que você não se lembre mais da situação de rejeição da infância. E, é provável que, no momento em que você precisar negociar um aumento salarial, esse sentimento de rejeição que está gravado no seu inconsciente vai provocar medo, insegurança ou escolher um péssimo emprego e se manter nele por anos.

A limpeza dessa negatividade é fundamental para tomar decisões mais adequadas.

  • Emoções negativas distorcem a interpretação da sua realidade

Emoções negativas podem nos fazer interpretar a realidade de uma forma distorcida e também pode nos levar a exagerar numa determinada reação. Exemplo: se você foi traído em um relacionamento amoroso, é provável que ficou registrado em você sentimentos de raiva, ódio, rejeição, injustiça, desconfiança, medo que isso se repita e é possível que você comece a agir de forma defensiva em um novo relacionamento que não tem nada a ver com o anterior. Você pode interpretar o olha ou as atitudes da pessoa com desconfiança quando, na verdade, não houve mudança alguma. Qualquer atraso pode desencadear mais desconfiança e você pode exagerar na reação sentindo medo e raiva.

Isso também reflete em outras áreas, por exemplo, na área profissional, se você teve um negocio que foi à falência, as emoções ficaram gravadas dessa experiência vão se manifestar quando você tiver um novo negócio, ao menor sinal de crise a sua reação atual vai ser somada com a reação gravada no passado e o medo e a insegurança vão ser bem maiores, talvez você passe a interpretar um pequeno problema como se fosse uma coisa muito grave e isso também vai atrapalhar as suas decisões e ações.

 

  • Emoções negativas selecionam a realidade que você enxerga

Filtro da realidade: o nosso cérebro tem um mecanismo de atenção seletiva  que serve para nos ajudar  a filtrar a realidade que é cheia de informações. Esses filtros nos faz enxergar as coisas que estão no nosso foco. Ficam focalizadas as coisas que você acha importante, as coisas que você está procurando, as coisas que você quer dar atenção e as coisas nas quais você acredita. Ao mesmo tempo que você enxerga o que está no seu foco ele te faz ignorar o que não está no seu foco. Exemplo: Você está sentindo as suas pernas agora? Certamente que não, mas passou a sentir a partir do momento que focou a sua atenção nela. O seu foco antes estava no que lhe interessava que era ler esse texto e assim você ignora todo o resto. Então, o cérebro tem esse mecanismo incrível, ele se liga no que você deu foco e ignora o que não interessa naquele momento. Se você quer um namorado(a), vai passar a enxergar um monte de casal em toda parte, se você quer engravidar, vai passar a ver um monte de mulheres grávidas ou bebes, ou se você quer comprar uma Civic vermelho… vai passar a ver centenas de Civics vermelhos na rua. O cérebro vai focar, sem nenhum esforço, em algo que você queira e que está procurando.

O problema é que quando você está carregado de negatividade esse mesmo mecanismo é ativado e o seu foco fica  ligado nas coisas negativas e faz ignorar as coisas boas. Ficamos aprisionados no nosso mecanismo  filtrando e enxergando cada vez mais coisas ruins.

Todas as vezes que você guarda emoções negativas, ela dá origem a crenças limitantes e essas crenças vão filtrar a realidade que você enxerga.

 

  • Emoções negativas nos faz defender a negatividade que guardamos gerando assim uma “auto-escravidão”

Se você trabalhou em uma empresa que tinha como filosofia explorar os funcionários. A partir dessa experiência você ficou marcado com medo, raiva, decepção, frustração, sentimentos de injustiça e essas emoções começam a dar origem a vários tipos de pensamento, por exemplo, as empresas só querem explorar as pessoas, toda empresa funciona dessa forma. Esses pensamentos são crenças limitantes que fazem com que você filtre a sua realidade para ver mais daquilo que a sua crença fala, você toma aquilo como verdade e começa a ver mais provas daquilo na realidade. Isso ocorre porque você ativou o foco para as coisas negativas e é isso que você vai enxergar com mais facilidade a partir de agora.

Então, todas as vezes que você ouvir uma notícia na TV ou numa conversa com amigos em que fale que as empresas só querem sugar as pessoas, imediatamente você vai prestar muita atenção a isso e vai reforçar a sua impressão de que aquilo é verdadeiro e que essa realidade é cada vez mais generalizada. E, no momento que você ouvir uma noticia que é o contrário, o seu mecanismo de atenção seletiva vai fazer com que você ignore ou que você não dê importância a esse outro lado e assim você fica aprisionado na realidade cruel em que toda empresa só quer sugar o seu sangue. Isso pode fazer com que você perca boas oportunidades, pois você não vai nem enxergá-las e se enxergar você não vai acreditar que elas são verdadeiras. Esse mecanismo vai atuar em todos os tipos de crenças: exemplo: ser autônomo é muito difícil, só sobe de cargo quem é bajulador, só ganha dinheiro quem tem dinheiro, na minha profissão todo mundo ganha mal, só se ganha muito sendo desonesto, não existe boas oportunidades, para subir na vida tem que passar por cima dos outros, homens não prestam, mulheres só querem caras com dinheiro, todas as mulheres são interesseiras etc.

O mecanismo que filtra a realidade vai agir de forma que afirme ainda mais  as suas crenças.

No momento em que formamos uma convicção qualquer, nós tendemos a defender essa convicção e vamos buscar mentalmente provas que dão suporte para essa convicção. Criamos um apego à convicção como se ela fosse um pedaço nosso, mesmo que seja algo ruim e que causa desconforto e se alguém fala para você algo que seja contrário a sua crença, você reage internamente. Você julga outra pessoa, você pode pensar que ela enlouqueceu por pensar diferente de você e até ficar com raiva dessa pessoa. Imagine que se você chegar para aquela pessoa que acredita que toda empresa só sabe sugar os funcionários e dizer a ele que as empresas estão tratando cada vez melhor os funcionários. O que vai acontecer? Ele vai reagir mentalmente e vai começar a buscar provas do contrário, ele vai lembrar de vários exemplos de pessoas que foram maltratado e talvez ele fale tudo isso com raiva e revoltado contra a pessoa e julga que esse outro acredita em algum conto de fadas.

Por isso, quando tentamos convencer alguém do contrário do que uma pessoa acredita, de uma crença que ela acredita, normalmente, a pessoa reage e fortalece ainda mais aquela crença, isso acontece muito quando as pessoas debatem política, religião, futebol etc.  Quando há esse debate, cada lado tende a sair mais convencido que está com a razão.

 

  • Emoções negativas atrai como imã situações desagradáveis (Lei da atração)

A Lei da Atração diz que atraímos para a nossa realidade aquilo que pensamos e sentimos. Seja no nível consciente ou no nível inconsciente. Então, todo aquele conteúdo emocional negativo junto com as crenças e pensamentos limitantes ajudam a atrair pessoas e situações desagradáveis que faz parecer que você é muito azarado em uma ou várias áreas da sua vida.

 

  1. Emoções negativas te faz buscar, de forma inconsciente, o sofrimento

Cada emoção que carregamos funcionam como se fosse uma “entidade de energia” que tem vida própria ou um “programa” que roda sozinho automaticamente. O que essa entidade ou programa quer é se fortalecer e sobreviver. São como nuvens de energia com vida própria. Cada emoção que habita em nós se apossa dos nossos pensamentos, influencia as nossas decisões para gerar mais situações que criem mais daquela mesma emoção, pois ela quer se fortalecer. É um processo extremamente sabotador e difícil de reconhecer.

Exemplo: uma pessoa que viveu em meio a uma crise financeira quando era criança… isso gerou muitos sentimentos na criança, tais como, vergonha, preocupação, insegurança e medo que são as nuvens de negatividade que se formam e ela cresceu e de forma inconsciente ela reproduziu o mesmo cenário da infância ao recriar os mesmos sentimentos vividos na infância de aperto, medo, preocupação e insegurança. E, isso pode ser recriado sabotando a si mesmo no trabalho. apesar de muitas pessoas terem consciência do que esta se autossabotando, mesmo assim a pessoa não consegue fazer o que é necessário. Isso acontece porque tem uma força inconsciente agindo por trás, todas aquelas emoções que carrega desde a infância age tomando conta do comportamento para que recrie a mesma situação de sofrimento da infância e assim fortalecer aquela emoções negativas.

Todos esses mecanismos atuam de forma profunda, sutil e difícil de ser detectadas. Eles atuam em conjunto gerando autossabotagem e criando uma realidade de sofrimento.

Vamos parar com isso? Com o trabalho de crenças e sentimentos do ThetaHealing é possível mudar esta realidade e ter uma vida saudável, próspera e feliz!


Agende agora mesmo sua sessão de ThetaHealing com Emeli Scabeni.

Fone/whats: 46 9 91168084 ou emeliterapias@gmail.com

Fonte: Ana Terapeuta

*ThetaHealing Institute of Knowledge® e Think®: trademarks of Nature Path Inc

**ThetaHealing® and ThetaHealer® are registered trademarks of THInK at http://www.thetahealing.com

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Execelente post!!! Controlar as emoções é realmente muito importante, estou tentando controlar as minhas, para poder melhorar. Abçs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s